carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

Participe da nossa lista VIP

carregando

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Você sabe como funciona a extração do dente siso? Confira aqui!

Você sabe como funciona a extração do dente siso? Confira aqui!

04/11/2019

O dente siso, também chamado de terceiro molar ou dente do juízo, é algo temido por muitos pacientes, pois ainda que seja um dente como os outros, ele tem algumas peculiaridades que devem ser consideradas.

Muito se diz sobre sua extração, mas será que ela é realmente necessária? Qual é o melhor momento para isso? É necessário sentir incômodo ou dor para removê-lo? A partir de qual idade ele costuma nascer?

Para responder esses questionamentos, criamos este conteúdo. Nele, você vai entender um pouco mais sobre o dente siso e como funciona sua extração. Confira!

O que são os dentes do siso?

Eles fazem parte do trio de molares que ficam alojados na parte mais posterior da arcada dentária. Em geral, os sisos nascem quando o indivíduo está passando da puberdade para a idade adulta, ou seja, dos 17 aos 21 anos, mas esses dentes podem surgir também antes ou após esse período.

O dente siso ajuda na parte final da mastigação dos alimentos. Contudo, por causa da presença dos outros dois molares para realizar essa função, ele se torna desnecessário – na maioria dos casos.

Um exemplo que reforça essa ideia é que muita gente nasce sem a presença do siso confinado na camada óssea abaixo da gengiva e nunca terão que passar pelo processo de seu nascimento.

Antigamente, esse dente era essencial, pois era bastante comum as pessoas perderem os primeiros molares em consequência de cáries, infecções e placas bacterianas, pela falta de cuidado com a saúde bucal.

Quais são os sinais de nascimento do dente siso?

Os sinais que indicam o nascimento dos terceiros molares são dor, inchaço e inflamação gengival, ou nos ossos da face (em casos específicos).

Se o siso brotar na vertical (que é a posição correta), estiver alinhado, e a arcada dentária tiver espaço para abrigá-lo, certamente a pessoa sentirá somente um pouco de dor.

No entanto se ele nascer na diagonal, horizontal ou até invertido e, além disso, o paciente não tiver espaço apropriado na arcada para acomodá-lo, o processo será bastante problemático.

Isso porque, ao tentar romper a gengiva, o siso trará algumas complicações, como:

  • infecções (que causam dores severas);

  • reabsorção da raiz do dente vizinho, o segundo molar, caso não consiga nascer;

  • deslocamento dos dentes já nascidos, podendo entortá-los.

Além disso, alguns sintomas mais severos podem surgir em outras parte do organismo, como:

  • febre: reação do corpo frente a infecções, que pode deixar a pessoas com mal-estar intenso;

  • dores de garganta: se a inflamação atingir as mucosas internas da boca;

  • enxaqueca: pois, em alguns casos, o siso pode empurrar os outros dentes e provocar uma dor reflexiva na cabeça.

Se você está passando por esse problema, certamente seu siso está “chegando ao mundo”. O uso de anti-inflamatórios, antitérmicos e analgésicos pode amenizar esses sintomas. Contudo visitar um dentista é a melhor forma de buscar informação, pois esse profissional está apto para identificar a causa de todos esses problemas que, na maioria dos casos, se resolvem mediante a extração do siso.

Inclusive, o dentista pode prescrever antibióticos, medicamentos que não podem ser adquiridos sem receita médica e são indispensáveis para combater infecções severas. Além disso, ele também poderá cuidar do alinhamento da sua arcada dentária e da mordida se já estiverem prejudicadas, indicando o uso de um aparelho ortodôntico, por exemplo. Desse modo, você obterá benefícios, como saúde bucal, harmonização do sorriso e qualidade de vida.

Como é feita a cirurgia de extração do siso?

Apesar de provocar receio em algumas pessoas, a cirurgia de extração é bastante simples. Portanto não se apavore! No pré-operatório, seu dentista fará uma radiografia panorâmica da sua boca para identificar a posição dos sisos e definir uma técnica ideal para removê-los. Confira o passo a passo dessa intervenção cirúrgica.

Preparação

Na véspera (dia anterior da extração), é preciso tomar alguns medicamentos específicos, como anti-inflamatórios e antibióticos, para prevenir possíveis complicações. Isso deve continuar por alguns dias após a remoção dos dentes.

No dia da intervenção cirúrgica, é recomendado fazer alimentação leve, não consumir bebidas alcoólicas nem fumar, e fazer uma limpeza bucal impecável antes de ir à consulta.

Cirurgia

O primeiro procedimento é a aplicação da anestesia. Ela é local e não vai tirar a sua consciência, apenas eliminará a sensibilidade por algumas horas, a fim de garantir que você não sinta dor alguma durante a retirada dos sisos.

A remoção propriamente pode ser feita de duas formas:

  1. Quando o siso já nasceu: o processo é idêntico ao de outros dentes.

  2. Quando o siso ainda não nasceu: é feita uma pequena incisão (corte) na gengiva para expor a camada óssea que recobre o dente. Depois, esse tecido é parcialmente extraído por meio de dissecação, permitindo o acesso ao siso para a sua remoção.

Ao longo da cirurgia, alguns instrumentos são necessários, como a alavanca (que amolece o dente) e o fórceps dentário (que abraça a coroa do siso para poder extraí-lo).

Tempo estimado

O tempo de operação pode variar de 10 a 30 minutos por dente removido, conforme as peculiaridades de cada caso. O número de sisos que serão retirados precisa ser analisado com o dentista, que avaliará como eles deverão ser extraídos, bem como as possíveis complicações e a recuperação do paciente.

Após o procedimento, serão feitos alguns pontos (de dois a três) com fios de nylon, para tapar o espaço deixado pelo dente e as incisões feitas. Após completar uma semana da cirurgia, é preciso retornar ao consultório para avaliar o processo de cicatrização e remover os pontos.

Pós-operatório

Como em qualquer outro processo cirúrgico, é necessário que você tome alguns cuidados para que a recuperação seja eficaz, como:

  • evitar esforço físico;

  • não abaixar a cabeça nos dois primeiros dias;

  • fazer compressas de gelo de hora em hora por 15 minutos;

  • fazer bochechos suaves e regulares para eliminar vestígios de sangue na boca;

  • alimentar-se com comidas líquidas e mais frias.

Além disso, é importante não ficar exposto ao sol e tomar banhos muito quentes. Já atividades mais intensas, como corridas e musculação devem ser suspensas por, pelo menos, cinco dias.

Viu só como a remoção do dente siso não é tão complicada como algumas pessoas dizem por aí? Para saber se você precisa passar por isso, consulte seu dentista para fazer um check-up odontológico, a fim de ter certeza se esses dentes podem prejudicar sua arcada dentária e mastigação.

Se você gostou deste conteúdo e deseja ficar por dentro de novidades sobre saúde bucal e odontologia estética, siga nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no LinkedIn e no YouTube.


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2019

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil