carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

Participe da nossa lista VIP

carregando

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Tratamento da gengivite: quais as principais recomendações?

Tratamento da gengivite: quais as principais recomendações?

02/01/2019
Gengivite é a inflamação decorrente da infecção dos tecidos de sustentação dos dentes. O tratamento, se realizado no estágio inicial da doença, não gera grande dano ou prejuízo. Entretanto, com o passar do tempo, pode causar graves complicações, desencadeando em doença periodontal o que compromete a saúde do paciente. Pensando na importância da identificação dos sintomas e do tratamento imediato, elencamos alguns esclarecimentos sobre a inflamação. Não deixe de conferir! Quais são as causas da gengivite? Uma das principais causas da gengivite é a limpeza bucal deficiente. A higienização precária dos dentes viabiliza o acúmulo de placas bacterianas nas diferentes regiões da cavidade oral. Com o passar do tempo, essa proliferação de microrganismos pode se transformar em tártaro. A produção de toxinas pelas bactérias, consequentemente, irrita a gengiva e desencadeia o problema da gengivite. Além dessa, há inúmeras outras causas que podem ser atribuídas à irritação no tecido de sustentação dentário. Alterações hormonais, por exemplo, fragilizam a gengiva e fazem com que o paciente fique mais suscetível ao problema. O mesmo ocorre pelo uso do cigarro ou de substâncias do gênero. Quais são os sintomas da doença? Um dos sintomas da inflamação é a mudança da tonalidade da gengiva para vermelha ou roxa. Além disso, é comum a região ficar mais sensível e sangrar com frequência, principalmente durante a escovação dos dentes ou pelo uso do fio dental. O toque, portanto, é uma forma de perceber se o tecido está irritado. A presença de secreção e pus ao redor dos dentes também é indício comum do problema. Por esse motivo, em algumas situações mais avançadas, o paciente pode perceber mau hálito ou o gosto ruim na boca. Como prevenir a gengivite? Agora que você já sabe os sintomas e causas da doença, está na hora de descobrir como evitar o problema. Vale salientar que apesar de ter tratamento para gengivite, o melhor remédio contra ela ainda é a prevenção. Evitar a doença deixa sua boca mais saudável, preserva a saúde do seu organismo e gera economia para seu bolso. Mas sem mais delongas, vamos às formas de prevenção da doença: Higiene bucal adequada Parece clichê, mas manter uma higiene bucal adequada é a melhor forma de prevenir a gengivite e outras doenças orais. Por isso, é importante escovar os dentes sempre após as refeições e utilizar o fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência, antes de dormir. O importante é escovar os dentes corretamente, tomando cuidado para não deixar nenhum dente sem a limpeza adequada. Para saber como fazer a escovação de forma correta, o ideal é investir no mínimo 2 minutos na limpeza de sua boca a cada higienização. Dieta balanceada Ter uma alimentação saudável é essencial para manter a saúde das gengivas. Além de evitar o açúcar, que é o grande vilão das doenças bucais, é preciso consumir alimentos ricos em vitaminas e minerais, pois eles reduzem as bactérias nocivas à saúde dos tecidos gengivais. Incluir na alimentação frutas, verduras, legumes e grãos integrais é essencial. Esses alimentos são ricos em Vitamina C, Vitaminas do grupo B e de minerais como Cálcio, Ferro, Potássio, Selênio e Zinco. Já os alimentos ricos em fibras ajudam a fortalecer o sistema imunológico e auxiliam na manutenção da saúde das gengivas. Alimentos à base de farinha branca como pães e bolos também devem ser evitados. Nada de cigarro O cigarro é um verdadeiro veneno para a saúde das gengivas e do organismo em geral. Ele interfere no sistema imunológico e dobra as chances de uma pessoa desenvolver a doença. O tratamento da gengivite para fumantes também costuma ser mais demorado. Então, para se livrar da doença é preciso abandonar o cigarro. Visitas regulares ao dentista As consultas periódicas ao dentista, aliadas a uma boa higiene bucal, uma dieta balanceada e bons hábitos são excelentes armas na luta contra a gengivite. Durante as visitas, o profissional faz um check-up de toda a boca do paciente para identificar possíveis alterações na flora bucal. No mais, caso o paciente sofra de bruxismo — que também contribui com o desenvolvimento da infecção, o profissional vai indicar a intervenção mais indicada para o problema. Nesse caso, antes de investir no tratamento para gengivite, é preciso resolver a questão do bruxismo. Além disso, é preciso fazer a profilaxia dentária no máximo a cada 6 meses. Esse procedimento é feito pelo dentista em consultório com o uso de equipamentos e produtos específicos. Durante a profilaxia, o profissional faz a higienização de cada dente de forma individual, removendo a placa bacteriana e o tártaro acumulados entre o tecido gengival e os dentes. Esse procedimento impede que a placa e o tártaro se acumulem, dando origem à gengivite. Como é o tratamento da gengivite? O acúmulo de bactérias é a causa da infecção. Assim, o tratamento da gengivite deve buscar, ao máximo, evitar o desenvolvimento da doença para estágios mais avançados. Torna-se indispensável o uso diário do fio dental e a escovação periódica de maneira cuidadosa para não machucar ainda mais a cavidade bucal, a fim de combater a proliferação de bactérias e reduzir a sensibilidade dentária. Vale lembrar que, apesar de todos os cuidados, o acompanhamento odontológico especializado é fundamental. Em qualquer hipótese, deve ser o dentista o responsável por verificar qual é a terapêutica mais adequada para o caso e fazer o acompanhamento da saúde do paciente. O tratamento da gengivite é, em geral, fácil de ser realizado. Entretanto, é necessário que o paciente, ao identificar os sintomas, busque imediatamente auxílio com um especialista da saúde bucal. Somente dessa forma ele poderá receber as recomendações adequadas sobre como proceder com os cuidados diários e evitar o desenvolvimento da periodontite. E então, gostou do nosso conteúdo? Quer ler outros conteúdos interessantes como este? Assine nossa newsletter que enviaremos artigos saindo direto do forno para você!

Veja os outros conteúdos relacionados




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2022

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, n 2789, Edificio Empire Center - 7 andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil