carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Saiba como a alimentação interfere na saúde bucal

Saiba como a alimentação interfere na saúde bucal

01/10/2018

A preocupação com a alimentação deve ir além da boa forma e a prevenção de doenças, pois a dieta equilibrada também contribui para a saúde bucal, deixando os dentes mais bonitos, fortes e saudáveis. Além disso, existem alimentos que podem favorecer o aparecimento de cáries; o escurecimento e desgastes dos dentes; entre outros problemas na boca. Por essa razão, é importante saber quais fazem parte desse grupo e evitá-los.

Neste post, falaremos sobre os alimentos que promovem a saúde dos dentes e os que devem ser consumidos com moderação por prejudicá-la. Ficou interessado? Então, continue lendo e descubra!

Como a alimentação pode influenciar na saúde bucal?

É de conhecimento de todos que a correta higienização da boca e as consultas regulares ao dentista previnem as doenças que podem acometer os dentes e toda a área bucal. O que muitas pessoas não imaginam, no entanto, é que a alimentação saudável também ajuda nessa missão.

Os dentistas classificam os alimentos em três grupos de acordo com a ação que eles têm sobre os dentes. Veja abaixo.

Adesivos

São os alimentos que aderem à superfície do dente, precisando de mais atenção na escovação para sua remoção completa. Além do mais, eles contêm açúcar, o que serve de substrato para as bactérias que prejudicam a dentição. Por isso, são considerados cariogênicos, ou seja, aqueles que favorecem o surgimento das cáries.

Entre os alimentos adesivos podemos citar as balas, caramelos, doces em geral, biscoitos, refrigerantes, sucos industrializados e todo tipo de comida açucarada.

Ácidos

As frutas cítricas e ácidas (abacaxi, limão, laranja, kiwi e outras) e os refrigerantes entram nesse grupo que provoca o aparecimento da erosão ácida — condição em que há o desgaste dos dentes perto da gengiva, mesmo que a boca esteja em boas condições de higiene e sem a presença de cáries.

Detergentes

Esse tipo elimina os resíduos de outros alimentos que estejam grudados nas superfícies dos dentes. Isso acontece por conta do maior tempo de mastigação necessário, por serem mais consistentes e conterem mais fibras, que faz a limpeza da dentição por atrito. Outro motivo é que eles aumentam a produção de saliva, elevando o ph da boca e, assim, reduzindo a proliferação das bactérias da cárie.

São considerados os alimentos mais detergentes as frutas duras, como maçã, pera e melancia, e os vegetais mais fibrosos, como a cenoura, talo de aipo, brócolis e couve-flor. No entanto, de maneira geral, as hortaliças, principalmente se ingeridas cruas, também fazem parte desse grupo.

Quais são os alimentos que fazem bem?

Além das frutas, verduras e legumes crus, que fazem a limpeza dos dentes e atuam na prevenção de problemas na boca, outros alimentos também auxiliam na saúde bucal agindo de maneiras diferentes.

Leite e iogurte sem açúcar

Esses alimentos contêm cálcio e fósforo — minerais fundamentais para o desenvolvimento e fortalecimento estrutural dos dentes. Eles também têm proteínas que diminuem a acidez da boca e evitam o desgaste do esmalte dentário.

Queijo

Apesar de ser um derivado do leite, o queijo ainda tem mais vantagens. Um estudo da Universidade de Alberta, no Canadá, comprovou que crianças que comeram um pedaço de queijo, de aproximadamente 5 gramas, após as refeições, apresentaram duas vezes menos cáries do que as outras que não consumiram o laticínio.

Os pesquisadores perceberam que os queijos, principalmente dos tipos cheddar e suíço, aumentam em até 10 vezes a quantidade de cálcio na saliva. Sendo o esmalte do dente uma membrana semipermeável capaz de captar o mineral disponível, ter essa concentração de cálcio na boca facilita a absorção pelos dentes.

Fibras

As fibras não só diminuem a absorção de gordura pelo organismo como também realizam a limpeza dos dentes, removendo os resíduos e diminuindo a ocorrência de placas bacterianas. Alimentos como aveia, granola sem açúcar, ameixa, pêssego, mamão e vegetais folhosos são ricos nesse tipo de nutriente e devem ser consumidos diariamente.

Linhaça e chia

Essas sementes, além das fibras, são excelentes fontes de ômega-3: uma gordura poli-insaturada que é um poderoso anti-inflamatório e fortalecedor do sistema imunológico. Dessa forma, elas atuam auxiliando o organismo no combate às enfermidades bucais.

Uva passa

Mais um motivo para não implicar com essa frutinha na comida. As uvas-passas sem sementes previnem as bactérias causadoras das cáries e, consequentemente, o acúmulo de placa bacteriana.

Chiclete sem açúcar

O xilitol presente nesses chicletes é um adoçante que substitui o açúcar e é anticariogênico natural. Ele regula o ph da boca e a mastigação, estimulando a salivação de modo a evitar o surgimento das cáries.

Castanhas e nozes

Os óleos presentes nesses alimentos formam um tipo de filme que protege os dentes do ataque das bactérias. Portanto, comê-los regularmente previne as cáries.

Peixes

Os peixes, como salmão, sardinha e atum, são fontes de cálcio e vitamina D — substância responsável pela absorção e fixação do cálcio nos ossos e dentes, deixando-os mais fortes e resistentes. Além do mais, eles contêm grande quantidade de ômega-3.

Morango

A fruta em seu estado natural têm ácido málico, um adstringente que auxilia na remoção de manchas dos dentes, e vitamina C, que evita o aparecimento de placas.

Quais são os alimentos que devem ser evitados?

Além dos alimentos com grande quantidade de açúcares e carboidratos, e frutas muito ácidas, as bebidas alcoólicas, o café, os chás e os refrigerantes à base de cola também são prejudiciais à saúde bucal e à estética dos dentes.

Isso porque o álcool contém substâncias que agridem a mucosa bucal e gengivas, diminuem a produção de saliva e favorecem o desenvolvimento de bactérias. Já as bebidas de cor escura mancham os dentes, devido à presença de pigmentos e corantes, dando aspecto ruim ao sorriso.

Vale ressaltar que uma dieta adequada e que supra as necessidades nutricionais do organismo é fundamental para a saúde bucal, pois a carência de nutrientes, vitaminas e minerais afeta diretamente as condições dos dentes, deixando-os fracos e suscetíveis às cáries, inflamações e infecções.

Gostou do nosso post? Que tal aproveitar que está por aqui e saber mais sobre saúde bucal lendo o nosso artigo higiene bucal previne problemas? Confira!


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2018

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil