carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Saiba as consequências do tabagismo para sua saúde bucal

Saiba as consequências do tabagismo para sua saúde bucal

01/10/2018

Durante muito tempo o uso do cigarro ficou ligado a um estilo de vida elegante e refinado, muito por causa das propagandas famosas no Brasil por volta dos anos 80 e 90. Hoje, já se sabe que as consequências do tabagismo para a saúde bucal são sérias e podem acarretar uma série de problemas, desde os mais simples, como a estética, até os mais graves, como o câncer na cavidade oral. ​​

Nos últimos anos, o número de fumantes caiu, muito em função das exigências legais sobre as propagandas. Mas o consumo do tabaco ainda é muito expressivo. Já que a informação é um meio importante para a prevenção e o combate dessa dependência, separamos para você algumas consequências que o tabagismo pode trazer à sua saúde bucal. Confira!​

Dentes pigmentados

Iniciamos com a mudança estética dos dentes que o tabagismo provoca. Apesar de não ser o problema mais grave, é a que normalmente gera maior incômodo ao fumante, principalmente por ficar muito aparente no convívio social.

A cor amarelada típica é causada, em grande parte, pela nicotina e o alcatrão, substâncias que estão presentes no cigarro e grudam no esmalte do dente com facilidade. Com o passar do tempo, elas podem se infiltrar nas rachaduras do esmalte, deixando as manchas permanentes.

Nesse caso, a simples escovação já não ajuda a removê-las. É preciso de acompanhamento junto a um cirurgião-dentista. A opção mais viável para reduzir as manchas amareladas, se esse for o caso, é o clareamento dental. Mas ele só surtirá efeito se o paciente conseguir abandonar o consumo do tabaco. O contato frequente acaba sendo um vilão para um tratamento eficiente e a longo prazo.

Mau hálito 

Outro problema causado pelo tabagismo e facilmente identificável é o mau hálito. Um dos fatores que contribui para seu desenvolvimento é que a fumaça liberada pelo cigarro diminui a produção de saliva. Isso provoca o ressecamento da cavidade, e os alimentos consumidos acabam ficando na boca, contribuindo para o mau cheiro.

A higiene bucal adequada e o consumo de água podem diminuir os efeitos, por retirar em parte as substâncias e converter o quadro de desidratação da boca, mas não garantem um resultado perfeito, por causa do uso frequente do cigarro.

Além desses fatores, as substâncias presentes no tabaco se alojam por todo o sistema respiratório, fazendo a halitose ficar ainda mais forte. O ressecamento e depósito de substâncias químicas em contato frequente com a boca podem causar infecções sérias e até mesmo o câncer bucal, como veremos a seguir.

​Doença periodontal 

​A doença periodontal se caracteriza pela infecção causada por bactérias bucais na gengiva e nos ossos ao redor dos dentes. Em estágio avançado pode causar até a perda da arcada dentária.

As chances de fumantes terem essa doença é maior do que a de outras pessoas, por conta do aumento da temperatura bucal que o cigarro provoca, criando ambiente favorável a esses microrganismos.

Além disso, o tabagismo acaba sendo um agravante, por enfraquecer o sistema imunológico. Isso dificulta ao corpo o combate às bactérias causadoras da doença e a cicatrização da infecção. Alguns dos sintomas que a doença periodontal pode causar são:

  • sensibilidade nos dentes;
  • sensação de dor durante a mastigação;
  • sangramento da gengiva;
  • mau hálito, entre outros.

​Câncer bucal

câncer bucal é, sem dúvida, a maior consequência que o cigarro pode ocasionar. Um estudo realizado na Universidade da Califórnia, por exemplo, revelou que 8 entre 10 pacientes com câncer bucal eram fumantes. Esse dado nos mostra, no mínimo, como o tabagismo aumenta muito as chances de problemas na saúde da boca.

O cigarro contribui para o desenvolvimento da doença, também, pela grande quantidade de substâncias químicas que tem em sua composição, e que alteram geneticamente as células da boca, acelerando sua reprodução. O tumor pode se desenvolver nos lábios, garganta, língua, gengiva e diversas outras áreas da cavidade bucal.

Além do fumo, a falta de higiene bucal, excesso de álcool e dieta pobre em vitaminas podem se tornar agravantes. Felizmente, abandonar o hábito de fumar pode reduzir significativamente a probabilidade de surgimento desses tumores. Alguns dos sintomas que podem surgir e indicar desenvolvimento de câncer bucal são:

  • feridas que não cicatrizam ao longo de duas semanas;
  • inchaço na língua ou gengiva;
  • sangramento sem motivo na boca ou lábios;
  • nódulos no pescoço ou cavidade bucal;
  • manchas brancas ou vermelhas etc.

Alteração do paladar

A temperatura e a quantidade de substâncias químicas que o tabaco apresenta cria nas papilas gustativas uma camada residual que altera o paladar, reduzindo a sensibilidade ao gosto dos alimentos, e também a capacidade olfativa.

A princípio, pode-se ter a sensação de que essa redução do paladar não tem relação direta com a saúde bucal. No entanto, indiretamente, essa perda pode causar problemas diversos.

Em função disso, o fumante tende a usar mais açúcar ou sal nos alimentos e pode até oferecer risco à saúde física, e também agravar o quadro bucal. Sabe-se, por exemplo, que o uso excessivo do açúcar pode causar cáries, pois favorece o desenvolvimento de bactérias responsáveis pela produção de ácido que desmineraliza os dentes.

É certo que o cuidado com nossa saúde é urgente e deve ser posto como prioridade. E fica claro, também, que o tabagismo é um vício difícil de abandonar. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), há algumas formas de reduzir o desejo pelo tabaco, como:

  • estipular um dia sem cigarro;
  • buscar relaxar ou mastigar algo quando a vontade vier;
  • fazer atividade física;
  • beber água etc.

As consequências do hábito de fumar vão além da estética, colocando a vida do fumante em risco. Sendo assim, é importante perceber que a saúde bucal as vezes depende de um pouco de sacrifício para separar o tabagismo da ideia de prazer. Ao final, no entanto, vale a pena a qualidade de vida aumentada.

É válido lembrar que o acompanhamento médico e odontológico é extremamente importante nesse processo, principalmente para confirmar se as consequências do tabagismo não atingiram níveis mais sérios em seu organismo e saúde bucal

E então? O que achou do nosso post? Compartilhe-o nas redes sociais para informar seus amigos sobre o tema!


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2018

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil