carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

Participe da nossa lista VIP

carregando

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Para que serve um aparelho de contenção? Descubra!

Para que serve um aparelho de contenção? Descubra!

24/01/2020

Há quem acredite que o tratamento ortodôntico termina quando o aparelho é retirado da boca. No entanto, depois de fazer todas as correções, é preciso passar por uma última fase, na qual o paciente deve usar o aparelho de contenção.

Agora, o objetivo não é mais corrigir imperfeições, mas evitar que os dentes desalinhem outra vez. Ou seja, o aparelho de contenção tem a função de manter os resultados alcançados, por isso, ele precisa ser utilizado pela maioria dos pacientes.

Para que você entenda melhor a importância dessa etapa do tratamento ortodôntico, preparamos este artigo para falar sobre essa última fase. Continue lendo para conhecer, também, algumas opções de contenção disponíveis. Vamos lá?

Por que é importante usar o aparelho de contenção?

Quando os dentes estão desalinhados, tortos, com giro ou com espaços (diastema), eles podem ser corrigidos com o uso de aparelhos ortodônticos. Esses dispositivos estimulam a dentição a se movimentar para que assuma uma posição mais adequada na arcada.

Essas intervenções são possíveis porque os dentes não ficam totalmente colados nos maxilares. Na verdade, eles estão envolvidos por diversos tecidos que atuam como um tipo de amortecimento. Por serem maleáveis, é possível estimular as movimentações dentárias.

Porém, esses tecidos têm uma espécie de memória natural, sendo assim, depois de finalizado o tratamento ortodôntico, quando retiramos o aparelho e não há mais nenhuma força sendo exercida sobre os dentes, existe a tendência de essas estruturas se ajeitarem novamente.

Esse processo recebe o nome de recidiva dentária e pode fazer com que todo o tratamento seja perdido. Afinal, os dentes voltam para sua posição original, ficando mais uma vez tortos e desalinhados. Então, é preciso adotar uma técnica para impedir que isso aconteça.

É aqui que se inicia o uso do aparelho de contenção. A função dele é manter a dentição na posição em que ela está. Desse modo, o organismo se acostuma com sua nova anatomia e os tecidos “cicatrizam”, de forma que não há mais o risco de os dentes desalinharem outra vez.

O aparelho de contenção não é um dispositivo ativo. Isso significa que ele não precisa passar por manutenções para ser ajustado e exercer força sobre a dentição. Apenas permanece encaixado nos dentes para que eles continuem no lugar certo, mantendo os resultados alcançados.

Quais são os principais tipos de aparelho de contenção?

É verdade que praticamente todos os pacientes desejam terminar o tratamento ortodôntico para ficarem livres do aparelho. Porém, como você viu, a fase de contenção é de extrema importância para garantir que os resultados alcançados sejam definitivos.

As maiores preocupações, na verdade, são continuar com o aparelho na boca, sofrer prejuízos na imagem e estar constantemente cuidando desse dispositivo, além de fazer adequações nos hábitos alimentares e gerais, como acontecia durante o tratamento ortodôntico.

De fato, ainda será necessário ter alguns cuidados especiais, mas o uso do aparelho de contenção é bem mais tranquilo e confortável para o paciente. Além disso, existem opções de dispositivo para atender necessidades distintas e a preferência de cada um. A seguir, falamos sobre as alternativas que encontramos no mercado.

Contenção fixa

Na contenção fixa, o dentista cola um pequeno arco metálico na face interna dos dentes, ou seja, na parte de trás deles, que fica em contato com a língua. Por isso, esse tipo de aparelho é totalmente discreto, uma vez que se mantém escondido na boca.

O tamanho desse arco depende da necessidade de cada paciente. Geralmente, ele vai de canino a canino, mas há casos em que é necessário se estender até o primeiro ou segundo molar. Existem dois tipos diferentes de contenção fixa: a plana e a higiênica, ou modificada.

Plana

Na contenção plana, o arco utilizado é reto. Ele simplesmente forma uma linha ligando um dente ao outro. É fixado por meio de cimentação odontológica, feita em suas extremidades para que se mantenha estático.

Higiênica

A contenção higiênica ou modificada é aquela cujo arco é dobrado compondo curvas nos vãos dos dentes. O intuito é facilitar a passagem do fio dental, no entanto, essas curvas podem favorecer o acúmulo de placa bacteriana, exigindo um cuidado maior na escovação.

Aparelho móvel

O aparelho móvel de contenção também é chamado de placa de Hawley e costuma ser usado na arcada superior. Ele é uma combinação de material acrílico e metálico, encaixando-se nos dentes e no palato (céu da boca).

É um tipo de dispositivo muito comum e bastante utilizado, sendo aquele em que fica visível no sorriso apenas um fio metálico transpassando a arcada dentária. Esse aparelho tem a grande vantagem de ser móvel, podendo ser retirado para as refeições e a higienização.

Contenção estética

É chamada de contenção estética aquela feita com um aparelho confeccionado em acetato, material totalmente transparente. Esse dispositivo não contém componentes metálicos, por isso, fica muito discreto na boca.

O formato do aparelho de contenção estética é o mesmo dos alinhadores invisíveis. Ele é feito sob medida e se encaixa com perfeição na arcada dentária, recobrindo os dentes como se fosse uma capa. Também é móvel, então, oferece conforto e cuidado para a saúde bucal do paciente.

Todos esses tipos de aparelho de contenção são eficazes e ajudam a manter os resultados alcançados com o tratamento ortodôntico. A escolha entre um ou outro depende da necessidade de cada paciente, do problema que foi tratado e das características de cada caso.

O ideal é que você saiba que essa fase do tratamento é muito importante e, embora não seja necessário fazer manutenções, ela requer o acompanhamento do dentista. Afinal, ele precisa verificar se tudo está correndo bem, se o aparelho está sendo utilizado corretamente ou se há necessidade de adequações na técnica.

Lembrando que a escolha do ortodontista é crucial para alcançar bons resultados em todas as fases. Isso porque o tratamento precisa ser planejado, adotando as melhores abordagens conforme a necessidade do paciente.

Sendo assim, é essencial procurar por uma clínica que invista em tecnologia e trabalhe com técnicas, materiais e equipamentos modernos, a fim de garantir um atendimento diferenciado e a boa qualidade do seu tratamento.

Depois de corrigir e alinhar seu sorriso, não deixe de usar o aparelho de contenção para garantir que seus dentes permaneçam na posição correta. Conte com um bom dentista para ter o suporte de um profissional experiente e alcançar resultados satisfatórios.

O uso do aparelho de contenção é importante, mas nem todo mundo sabe disso. Então, compartilhe este artigo em suas redes sociais para dividir o conhecimento com seus amigos!


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2020

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil