carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: Descubra se creme dental clareador realmente funciona

Descubra se creme dental clareador realmente funciona

25/09/2018

Hoje em dia, as pessoas estão cada vez mais preocupadas em ter dentes bonitos e bem brancos. De olho nisso, o mercado lançou uma grande variedade de pasta de dentes que prometem o clareamento. Mas será que o creme dental clareador funciona mesmo?

Essa é uma dúvida que muitos têm, pois pouca gente sabe realmente como é o efeito desses produtos sobre o sorriso. A verdade é que eles podem não ser toda essa maravilha que os fabricantes prometem. Quer saber o motivo? Então continue a leitura, pois é sobre esse assunto que falaremos neste post. Confira!


Afinal, como o creme dental clareador funciona?

Antes de falar sobre a ação dos cremes dentais clareadores, é interessante explicar os seus componentes ativos. A maioria desses produtos contêm agentes abrasivos — como sílica hidratada, pirofosfato de cálcio, silicato de zircônio e carbonato de cálcio — associados ou não aos peróxidos de baixa concentração.

Essas substâncias fazem uma raspagem nos dentes. Ou seja, na realidade eles não clareiam, e sim fazem um polimento no esmalte dental. Dessa maneira, a atuação desse tipo de creme dental é superficial, e assim, só é eficaz em manchas que ainda não se impregnaram nos dentes.

O mesmo acontece com as que têm os peróxidos. Embora eles sejam oxidantes e eficazes no clareamento, isso só acontece em alta concentração, que não é o caso dos cremes dentais de venda livre. Já o tripolifosfato de sódio também age por meio da abrasão, mas ao contrário dos citados que têm ação mecânica, esse tem função química nas moléculas que causam a pigmentação. Mas assim como os anteriores, ele não penetra nos dentes.


Quais são os efeitos colaterais do uso desses produtos?

Apesar dos cremes dentais clareadores serem vendidos sem precisar de receita, eles têm alguns efeitos colaterais bem indesejáveis, e, muitas vezes, irreversíveis! Por isso, devem ser usados com muita cautela.

Por conta dos agentes abrasivos, que funcionam como uma lixa, há o desgaste do esmalte dentário. Assim, o dente deixa de ser impermeável, expondo a dentina — uma camada mais sensível, cheia de terminações nervosas. Com isso, a pessoa fica mais propensa à sensibilidade dental, que nada mais é do que a dor no dente ao entrar em contato com temperaturas extremas (quente ou gelado) e comidas ou bebidas ácidas.

Além do mais, essa permeabilidade pode causar manchas mais escuras. Isso porque a camada fica porosa e os pigmentos contidos nos alimentos penetram nos dentes, o que é muito inconveniente, não é mesmo?


Então, para que eles servem?

Na prática, os cremes dentais clareadores servem para remover ou diminuir as manchas que ainda não estão grudadas nos dentes, como as ocasionadas por placas bacterianas e pelo consumo de vinho, beterraba, café, chás, refrigerantes à base de cola e outros, além do hábito de fumar. Também podem ser usados por quem já tem os dentes brancos e só desejam mantê-los assim. Nesse caso, o ideal é utilizar uma escova de certas macias para minimizar os efeitos abrasivos e, assim, evitar os danos.

Lembrando que eles não devem ser usados por pessoas que já têm sensibilidade dentária, retração gengival e, principalmente, por crianças. Sendo assim, é preciso consultar um dentista para que ele avalie a indicação desses produtos.


Quero clarear os meus dentes, o que devo fazer?

Se o problema é o tom natural dos dentes, os cremes dentais clareadores não vão resolver. Para isso é necessário o clareamento dental prescrito por um dentista, pois somente ele é capaz de indicar o tratamento adequado.

Como existem alguns tipos de clareamento dental profissional, o dentista deve analisar o caso e a saúde bucal do paciente. Dessa maneira, ele consegue identificar qual é o procedimento mais apropriado para trazer bons resultados e menos riscos ao indivíduo. Afinal, queremos um sorriso bonito, branco e saudável, não é mesmo?


Quais são os tipos de clareamento dental?

Como dissemos, há diferentes tipos de tratamento para clarear os dentes. Cada um é melhor para uma determinada condição, considerando a urgência, a estética, os problemas bucais e a durabilidade.


Clareamento a laser e a LED

É o mais comum dos tratamentos e com resultados rápidos. Ele é feito no consultório do dentista, onde os agentes clareadores (peróxido de hidrogênio ou carbamida) são aplicados nos dentes.

O dentista isola os lábios e as gengivas, e então coloca o laser ou o LED para potencializar os efeitos das substâncias e obter o clareamento em menos tempo. Essa técnica precisa de 1 a 4 sessões. Ela é indicada para quem tem urgência ou não pode fazer método caseiro por retração da gengiva.


Clareamento convencional

Utiliza os mesmos agentes clareadores dos tratamentos anteriores e são feitos quase os mesmos procedimentos. A única diferença é que não é utilizado nenhum tipo de luz para acelerar o clareamento, tornando o processo um pouco mais demorado. Porém, as vantagens são que, assim, os riscos de sensibilidade são menores e os resultados são similares.


Clareamento caseiro

É realizado por meio de moldeiras flexíveis, onde o próprio paciente aplica o gel clareador. Em seguida, coloca as moldeiras nos dentes entre 30 minutos a 4 horas, conforme a prescrição do dentista. O tempo de tratamento pode variar entre 7 a 21 dias. Vale dizer que estamos falando do clareamento prescrito por um profissional, ok?


Facetas de porcelana ou lentes de contato dentais

Esses procedimentos também servem para corrigir pequenas imperfeições no sorriso, como assimetria, dente quebrado ou levemente torto, além de deixá-lo mais branco. As facetas são capinhas colocadas nos dentes frontais que encobrem qualquer mancha ou deformidade. A diferença dela para as lentes de contato dentais é a espessura, sendo a última bem mais fina e discreta.

Como vimos, o creme dental clareador funciona em condições específicas, e, por isso, não é indicado para todas as pessoas — tanto pela sua funcionalidade quanto pelos efeitos colaterais que podem causar. Portanto, se você quer deixar o sorriso mais branco deve buscar orientação de um dentista para atingir o efeito desejado e manter a saúde bucal.


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2018

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil