carregando

Aguarde, carregando o sistema...

Formulário de Contato

carregando

Central de atendimento
SAC: 92 3659-1900 / 99222-1900
E-mail: dentaly@dentaly.com.br
Horário de Atendimento: 08:00 às 12:00 e de 14:00 às 19:00

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL

Contatos Dentaly

telefone

92 3659-1900 / 99222-1900

email

dentaly@dentaly.com.br

 capa: 5 tipos de coroas dentárias para você conhecer

5 tipos de coroas dentárias para você conhecer

16/03/2019

A falta de um dente, ou de parte dele, pode causar enormes danos para a boca de uma pessoa, provocando transtornos no encaixe dos dentes e inibindo tarefas fundamentais, como a mastigação. Para evitar que isso ocorra, existem várias opções de reposição de dentes ou partes de dentes, entre elas diversos tipos de coroas dentárias.

Tendo essa variação de métodos, os pacientes têm aproveitado e buscado, de forma crescente, as clínicas odontológicas. Pois, em um tempo remoto, os tratamentos eram praticamente homogêneos, já hoje, contam com a ajuda da tecnologia para escolha predileta.

Por isso, continue lendo este post para conhecer as variedades dos tipos de coroas dentárias que existem no mercado. Confira!

O que é e quando a coroa dentária é utilizada?

A coroa dentária é um tipo de prótese, onde se cobre o dente por completo. Para realizar esse procedimento, o dente deve ser preparado para servir como base para a futura coroa. Ela é feita de um material confeccionado de modo a suprir a falta de dentes na boca do paciente, colocada para tapar inteiramente ou apenas uma parcela do dente danificado.

Mais que conceder maior resistência a um dente comprometido, a coroa pode ser usada para aperfeiçoar a aparência da arcada do paciente, alinhando os dentes no arco ou o formato ideal. Também, ela pode ser colocada sobre um implante, dando estrutura e formato semelhantes ao do dente original, com a intenção, também, de exercer as suas funções práticas.

O seu profissional pode indicar algum dos tipos de coroa, de acordo com algumas situações, como:

  • restaurar um dente fraturado;

  • proteger um dente enfraquecido por fraturas;

  • substituir uma grande restauração quando não restar muita estrutura do dente;

  • ligar uma prótese;

  • disfarçar um implante dentário;

  • mascarar um dente descolorido ou deformado;

  • cobrir um dente que tenha sofrido um tratamento de canal.

Quais os tipos de coroas dentárias?

 

1. Em metal

Esse tipo de coroa apresenta uma elevada resistência à corrosão. Ao preparar o dente para a inserção dessas coroas, o dentista remove pouca quantidade da estrutura sadia do dente. Esse material é resistente ao desgaste e suave em relação aos dentes opostos. A desvantagem do método fica por parte da estética, já que tira a naturalidade dos dentes originais.

2. Metalocerâmica

A estrutura interior é composta por liga metálica revestida de cerâmica. Elas são muito resistentes à ação da mastigação. A porcelana derretida é aglutinada à parte externa da base metálica, de maneira a reforçar a estrutura e conferir melhor adaptação, evitando a recorrência da cárie.

Desse modo, quando a porcelana é consolidada ao metal, possibilita uma restauração mais forte e sólida para segurança do paciente. Nesse procedimento, o dentista remove apenas uma quantidade moderada da estrutura do dente. Por isso, as coroas metalocerâmicas acabam sendo bem firmes e duráveis.

3. Em porcelana

Esse método, quando bem aplicado, aparenta melhor as propriedades dos dentes naturais, oferecendo mais naturalidade. Veja outros benefícios: 

  • melhor textura;

  • estabilidade de cor;

  • menor acúmulo de sujeira;

  • maior resistência ao desgaste.

O protocolo cerâmico pode ser feito de diferentes maneiras. Na primeira técnica, a porcelana é aplicada sobre uma infraestrutura metálica (semelhante à barra do protocolo de gengiva). A aplicação da cerâmica é realizada de forma estratificada, onde cada porção do dente (dentina, esmalte, borda incisal etc) recebe uma cor diferente. O resultado fica bem próximo ao dos dentes originais. A parte da gengiva pode ser feita de porcelana ou resina.

A segunda técnica desse procedimento recebeu o nome de protocolo dente a dente. Nesse método, as coroas de porcelanas serão cimentadas uma por uma sobre uma infraestrutura metálica, ao contrário de ser posta diretamente sobre a barra.

Apesar de ser mais custosa e trabalhosa, no fim, o resultado fica esteticamente excelente. Outra grande vantagem é que, caso algum dente sofra trincas, não é necessário realizar uma nova coroa para recuperar o trabalho. Basta apenas remover o dente que sofreu a trinca e cimentar.

4. Em resina acrílica

Podem ser utilizadas de forma temporária ou definitiva. A qualidade do material acrílico não é tão vigoroso e a sua tendência é de se desgastar. com o passar do tempo. Essas coroas são bem mais acessíveis em termos de condições financeiras, mas esteticamente bonitas.

Por essa razão, são, diversas vezes, as sucessoras das coroas de cerâmica definitivas, que são mais onerosas. Elas são utilizadas para resolver as mesmas adversidades de dentes amarelados, na parte estética ou problemas com fraturas.

5. Em ouro

São constituídas de cobre, ouro e demais metais compostos de outro material resistente, que se adere à estrutura do dente. Assim, as ligas de ouro não prejudicam os dentes opostos, com os quais entram em contato, e são resistentes ao desgaste e à fratura.

Esse material é biologicamente adaptável ao tecido gengival, tendo uma excelente adequação à margem da restauração, prevenindo a cárie. Tem como grande desvantagem, a cor metálica que atrapalha a estética do dente, além do custo elevado.

Qual a importância de buscar um dentista para melhor indicação?

Caso seu dentista indique a colocação de uma coroa dentária, trate com ele sobre os materiais que serão utilizados. Questione sobre o que você precisa fazer para que o procedimento tenha sucesso e o tempo de duração. As coroas são criadas a partir dos moldes retirados da arcada dentária do paciente e possuem um resultado muito agradável, o mais semelhante possível ao natural quanto ao formato, promovendo um sorriso harmônico ao paciente.

Não se esqueça, a coroa perfeita para a sua necessidade deve ser recomendada e avaliada por um dentista, conforme o seu quadro odontológico atual. Em resumo, os tipos de coroas dentárias são próteses fixas caracterizadas que envolvem totalmente o dente, tendo como meta, conferir resistência e estética aos dentes danificados. 

Existem diversos tipos de coroas dentárias e com diversos materiais acessíveis no mercado, que vão desde metal, resina, cerâmica, entre outros. A coroa dentária também pode ser parafusada a implantes, concedendo as mesmas propriedades (estética e forma) dos dentes naturais perdidos.

Gostou do post? Não perca mais tempo e entre em contato com a Dentaly agora mesmo! Assim, você poderá tirar as suas dúvidas ao conhecer ainda mais o nosso trabalho!


Mais Notícias




Notícias em Destaque

© Todos os Direitos Reservados. Dentaly 2019

Logo casa dos sites

Desenvolvido por:

DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL DENTALY - INSTITUTO DE SAÚDE E ESTÉTICA BUCAL Soluções Completas em Odontologia - Um instituto que é mais que uma clínica odontológica, é uma equipe multidisciplinar de dentistas com estrutura para atender todos os tipos de questões para saúde e estética bucal. +55 92 3659-1900 +55 92 99222-1900 dentaly@dentaly.com.br

Av.Constantino Nery, nº 2789, Edificio Empire Center - 7º andar 69055038 Manaus Amazonas Brazil